DIÁRIO DUMA FUTURA AVÓ: QUAL VAI SER O NOME?

Diário de uma Avó

Primeiro facto sobre o bebé: vai ser uma pessoa discreta. Ou teimosa.

Por mais voltas que lhe tenham dado durante a ecografia, não quis mostrar-se. Por isso, não sabemos ainda se vai ser rapaz ou rapariga.

Assim, ainda estamos na fase dos palpites que todos damos.  O Ica – futuro tio – acha que deve ter o nome dele, seja rapaz ou rapariga. Frederico ou Frederica. Afirma que quando for a vez dele, esse vai ser o nome da criança. Mas como não é o caso, o meu primeiro neto não vai chamar-se assim.

As hipóteses não são muitas: se for rapaz pode ser Vasco, Tomás ou Zé Tomás.

Vasco é o nome do pai do bisavô, dos dois trisavós, e mais uma data de primos, tios, tios avós… A originalidade não é o forte desta família no que respeita a dar nomes.

Tomás porque o pai Vasco gosta. Também gosta de Zé Tomás, não sei porquê.

Se for rapariga é fácil, vai ser Maria da Graça, o nome da Avó materna (não disse?). Eu gosto muito.

 

 

 

 

 

Comentários

comentários