Avós como Nós: ISABEL ALÇADA

Avós como nós

Isabel Alçada, é nome literário e profissional de Maria Isabel Girão de Melo Veiga Vila. Licenciada em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, inicia em 1976 a actividade docente como professora de Português e História do 2.o ciclo, na Escola EB 2/3 Fernando Pessoa, onde foi colega de Ana Maria Magalhães, tendo formado com ela uma dupla na escrita infanto-juvenil, inaugurada com “Uma aventura…na cidade”, em 1982. A colecção “Uma Aventura” alcançou um sucesso sem precedentes, alcançando mais de 50 títulos editados, além de adaptações para televisão e cinema, refletindo uma longa e rica experiência educativa, assim como o seu enorme talento para comunicar com os mais novos,A partir de 1985 integrou o quadro de professores da Escola Superior de Educação de Lisboa, onde continua a leccionar, a par de um percurso profissional intenso que vai desde cargos no Sindicato dos Professores ao cargo de Administradora da Fundação de Serralves, em regime de voluntariado, passando por ter sido Ministra da Educação.

____________________________________________________________

SER AVÓ

Vou muitas vezes a escolas falar com crianças e jovens de várias idades sobre os livros que escrevo com a Ana Maria Magalhães. Nesses encontros é frequente preguntarem-me o que faço nos tempos livres. Nunca hesito na resposta. O que mais gosto é estar com os meus netos!

Tenho três netos, o Bernardo, o Gonçalo e o João, filhos da minha filha, e sete netos, a Inez, o Tomás, o Manel, o Joaquim, o João, o Francisco e o Miguel, filhos dos meus enteados Emílio, Cristina e Clara. Para mim são todos únicos e muito especiais.

Rara é a semana em que não nos juntamos para almoçar ou jantar (eles apreciam os meus cozinhados, embora eu não seja especialmente dotada neste domínio), para passear, ou simplesmente para nos vermos.

Raro é o dia em que não oiço a voz de algum deles e disfruto do prazer imenso de conversar ao vivo, pelo telefone, ou até nas redes sociais.

Muitas vezes falamos de assuntos pessoais ou familiares, mas também é frequente focarmos a conversa em assuntos que lhes interessam: a sua vida escolar, as suas leituras, histórias ou informações variadas, questões que afetam o nosso país ou que afetam o mundo contemporâneo.

Conforme a idade e a personalidade de cada um, os temas vão variando. Os meus e os deles. Gosto de lhes comunicar o que vou fazendo na minha atividade profissional.

Os netos são sempre os meus primeiros leitores e dou muita atenção aos seus comentários.

Acima de tudo, adoro acompanhar as diferentes etapas da vida de cada um, apreciar as suas realizações, os seus gostos, as suas dúvidas e os seus problemas e faço questão de os conhecer bem para poder ajudá-los a ultrapassar o que os vai afetando.

Ser avó é, sem dúvida, a maior alegria da minha vida.

 

Comentários

comentários